BannerFans.com

Sejam Bem Vindos

Sejam Super Bem Vindos

Que a Paz do Senhor Jesus estejam com vocês.Fiquem a vontade de ler as postagens e dar seus comentários,opiniões. Espero que você goste e seja agraciado com cada mensagem.O Blog em si é meu,mas tudo que tenho é de Deus e pra Deus.

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32)

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3 : 16)

terça-feira, 25 de março de 2014

Recuperando o Evangelho


Paul Washer

05 de Março de 2014 - Jesus Cristo
O evangelho de Jesus Cristo é o maior de todos os tesouros dados à igreja e ao cristão como indivíduo. Não é uma mensagem entre muitas, mas mensagem acima de todas as outras. É o poder de Deus para a salvação e a maior revelação da multiforme sabedoria de Deus aos homens e aos anjos. É por essa razão que o apóstolo Paulo deu primazia ao evangelho em sua pregação, esforçando-se com tudo que tinha para proclamá-lo com clareza, pronunciando até mesmo uma maldição sobre todos que pervertessem sua verdade.
Cada geração de cristãos, pelo poder do Espírito Santo, é responsável pela mensagem do evangelho. Deus nos chama a guardar este tesouro que nos foi confiado. Se quisermos ser fiéis mordomos, teremos de estar absorvidos no estudo do evangelho, tomando grande cuidado para compreender as suas verdades, comprometendo-nos a guardar o seu conteúdo. Ao fazê-lo, garantimos nossa salvação, bem como a salvação daqueles que nos ouvem.

Quando Você Está Planejando Pecar Novamente?


QuandoVoceEstaPlanejandoPecarNovamenteNão existem muitos livros que conduzam você para a pergunta: O que eu devo fazer quando estou planejando pecar novamente? Toda a Escritura, é claro, trata dessa questão, porque todos nós sabemos que iremos pecar novamente, mas há dois padrões que são especialmente perigosos.
1. Confessa — depois ignora. Um casal cede ao sexo antes do casamento e se sente culpado. Eles confessam isso ao Senhor e prometem a Deus e, um ao outro, que nunca mais farão isso. Mas acontece de novo, e depois de novo. Na terceira vez, eles já não têm mais certeza de como proceder. Eles ainda podem sentir-se um ‘pouquinho horríveis’, mas por que se incomodar em confessar algo que você irá fazer de novo? Eles sabem que fazer promessas por culpa não funciona e, neste ponto, eles admitem que tais promessas são mentiras mesmo. Eles esperam fazer isso novamente. Melhor é apenas deixar essa fase correr seu curso, eles concluem. O casamento pode chegar logo, ou talvez o pecado morra gradualmente. Depois eles podem se comprometer novamente com Deus.

terça-feira, 18 de março de 2014

Amando Cristo na Pratica


1. Quando amamos alguém, gostamos de pensar sobre ele.

Não precisamos ser lembrados dele. Não esquecemos o nome dele, sua aparência, seu caráter, suas opiniões, seus gostos, sua posição ou sua ocupação. Ele surge na nossa mente várias vezes durante o dia. Embora talvez muito distante, ele está frequentemente presente em nossos pensamentos. Bem, é isso que ocorre entre o cristão verdadeiro e Cristo! Cristo “habita em seu coração”, e se pensa nele mais ou menos todos os dias (Ef. 3.17). O verdadeiro cristão não precisa ser lembrado que tem um Mestre crucificado. Ele sempre pensa nEle. Ele nunca se esquece que Ele tem um dia, um motivo e um povo, e que o Seu povo é único. Afeição é o real segredo de uma boa memória religiosa. Nenhum homem do mundo pode pensar muito sobre Cristo, a menos que Cristo seja compelido a ser o centro do seu foco, porque ele não tem afeição nenhuma por Ele. O verdadeiro cristão pensa sobre Cristo todos os dias de sua vida, pela única e simples razão de que O ama.

Mulheres Rixosas


Todos desejam um lar agradável. Provavelmente é seguro dizer que ninguém quer viver num lugar miserável, infeliz. Mas está claro que um lar agradável não é algo que se possa comprar com dinheiro. Se fosse assim, as pessoas ricas seriam felizes, e todos sabemos que bem poucas delas o são.

O que é que torna nossos lares verdadeiramente agradáveis? Sem dúvida, é a sabedoria que vem de Deus. Quando há sabedoria em casa, o lar é um prazer. Sendo assim, um lar agradável é aquele que tem uma mulher sábia, virtuosa no seu centro. Provérbios tem muitas descrições vívidas da mulher sábia e da mulher insensata.

Não Desperdice o seu Namoro



Eis por que deixará o homem a seu pai e a sua mãe e se unirá à sua mulher, e se tornarão os dois uma só carne. (Efésios 5:31)

Você já desperdiçou alguma coisa na vida? Aquele precioso tempo, dinheiro, trabalho, ou, seja lá o que tenham sido investidos com tanto empenho e expectativas. Ao final, perceber que nos acarretou somente prejuízo, é frustrante. E imagine só isso se tratando de namoro, em que geralmente são relacionamentos duradouros, cheios de sonhos e idealizações. Você não iria querer desaproveitá-lo, não é mesmo?!

O pior é que namoros tendem a ser verdadeiros desperdícios. Mas não pense que estou falando sobre aquele tipo de relacionamento longo, mas que no final não dão certo por não acabarem em casamento. É claro que, fatalmente isto deixará a impressão de que todo aquele tempo foi perdido. Mas, nem todo namoro que dá errado é desperdício, como nem todo namoro que dá certo quer dizer que ele tenha sido bem aproveitado.
O que estou querendo dizer, então?!

segunda-feira, 10 de março de 2014

AMIGO, ISSO NÃO É ARREPENDIMENTO!


“Agora, porém, me alegro, não porque vocês foram entristecidos, mas porque a tristeza os levou ao arrependimento. Pois vocês se entristeceram como Deus desejava, e de forma alguma foram prejudicados por nossa causa.”
2 Coríntios 7:8

A primeira tese que Lutero pregou na porta da Igreja foi: “Dizendo nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo: Arrependei-vos… etc., certamente Ele quer que toda a vida dos seus crentes na terra seja de contínuo e ininterrupto arrependimento.” Veja que, como nos aponta Lutero, a vida do cristão deve ser uma vida com arrependimento continuo, dia após dia, ano após ano, pecado após pecado; não é uma coisa que cessa quando somos convertidos, mas que continua, mesmo após a conversão ao cristianismo.

O MITO DO HOMEM PERFEITO

blogNos últimos dias alguns textos sobre casamento viraram praticamente virais na internet. Eram textos ótimos dirigidos tanto a homens quanto a mulheres, expondo uma lista de alguns tipos de pessoas impróprios para serem conjugues de um cristão verdadeiro. Confesso que gostei muito dos textos e eu mesmo fui bastante edificado através deles, endosso tudo o que eles falam e tenho me policiado bastante para não entrar na lista dos 10 homens com quem uma mulher cristã não deve casar-se! Iniciativas como essa são muito importantes e realmente precisamos escolher bem com quem iremos passar o resto da vida juntos. Entretanto, há algo nisso tudo que me preocupa um pouco.
Um dos propósitos centrais do casamento segundo as Escrituras é representar o relacionamento de Cristo com a Igreja (Ef 5.22-33) e é por isso que nós, homens temos uma responsabilidade muito maior no relacionamento.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

JOVENS CRISTÃOS CONTRA O VERDADEIRO MUNDANISMO

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2)
1961585_657867144259449_1788573306_nO mundanismo é algo que tem invadido a vida cristã em todos os aspectos, temos sido bombardeados violentamente pelas influências mundanas em todas as áreas de nossas vidas. Nós como jovens, certamente estamos mais vulneráveis as armadilhas deste século, visto que estamos sempre “conectados” com todo tipo de modernidade. Todavia, isso não implica dizer que tudo que é novo seja prejudicial, nem que devemos nos posicionar totalmente contrários a qualquer tipo de novidade. Sabemos que qualquer coisa pode ser feita para a glória de Deus (1Co 10:31), mas para que tudo seja feito com esse propósito, é necessário ter o discernimento bíblico correto, não permitindo que a cultura atual seja mais preponderante em nossas vidas do que os valores morais de uma vida em obediência a Deus.